Desde a gestação já surgem diversas dúvidas em relação ao bem-estar do bebê. Até quando ele precisa mamar? Qual a idade que vai dar seus primeiros passos? Qual tipo de comida? De sabonete? E por aí vai…

Junto com tantas perguntas, provavelmente já se perguntou qual é a época que precisa levar seu bebê ao dentista. Não é ?

Você com toda certeza, deve conhecer um adulto traumatizado quando o assunto é ir ao dentista, se não conhece, existe uma grande chance de você ser essa pessoa. E uma boa parte das vezes, esse trauma surge com algum episódio de infância.

Como fazer com que seu filho(a) não passe por isso? Ou fazer com ele (a) tenha uma boa saúde bucal ?

Veja algumas dicas para você cuidar da saúde bucal do seu bebê.

Odontopediatria

A odontopediatria é área da odontologia que cuida da saúde bucal das crianças. Este profissionais são essenciais e possuem um papel importante na vida dos pequenos, já que fazem o possível para que essa criança não tenha traumas quando adulto.

Eles são os profissionais que vão te dizer quais as melhores formas para escovar o dentinho do seu bebê e dar dicas de como melhorar a saúde bucal.

É importante cuidar da saúde bucal do seu bebê para que, desde pequeno, ele possa associar a visita ao dentista como uma boa experiência, além de precaver problemas no futuro.

Uma medida que vale o investimento para seu bebê, é a contratação de um plano odontológico particular, pois assim caso haja algum tipo de problema, você já estará amparado. Mas, é essencial que você adquira o hábito de fazer consultas de rotina o mais cedo possível.

Quando levar o bebê ao dentista?

Os especialistas indicam que você leve seu bebê para a primeira consulta, quando ele completar seis meses ou com o surgimento dos primeiros dentes. O importante é não passar muito do primeiro ano.

Quanto mais cedo, mais instruções você terá cuidar e proporcionar o bem-estar da criança.

Alimentação Saudável

A alimentação possui impacto direto com a saúde bucal. Nos primeiros meses a amamentação é a melhor alimentação que seu bebê poderia ter.

Já na fase onde começa a introduzir outros alimentos no cardápio da criança, é  recomendado que evite alimentos com excesso em açúcar e amido. Procure alimentos saudáveis como: verduras, frutas e legumes.

Rotina de higienização

Outra dica, é que desde pequena a criança já tenha uma rotina de higienização. Torne o momento da higienização agradável e divertido, como se fosse uma brincadeira.

Saiba como escovar os dentes do seu bebê

Os bebês não possuem dentes, mas você sabia que mesmo assim é importante fazer a higienização?

Dentistas recomendam que faça uma limpeza com gases e água na gengiva do bebê, e quando os primeiros dentinhos surgirem, você deve comprar uma escova macia.

Mas lembre-se: antes de comprar uma escova de dente ou introduzir uma pasta de dente na higienização, contate um profissional para que você possa saber qual o tipo de escova ou creme dental recomendado para o seu bebê.

Para isso, você pode contatar seu plano odontológico e agendar uma consulta.

Problemas comuns na infância

A saúde bucal precisa de ter cuidados desde muito cedo. A dentição é uma área do corpo pequena, mas que pode afetar a nossa alimentação e o humor.

E até os mais pequenos já podem enfrentar problemas quando crianças, e se não forem tratadas podem se agravar em problemas ainda piores.

Veja alguns dos problemas mais comuns:

Chupetas e mamadeiras: Elas estão presentes na vida e rotina de quase todos os bebês, mas o uso indevido pode causar deformações e complicações na dentição.

Por isso, é recomendado que faça um acompanhamento com o odontopediatra para ter a certeza de que o bebê não está sendo prejudicado.

Além disso, certifique-se de escolher o formato ideal de bicos de mamadeira. Isso é uma medida que pode ajudar na formação dos dentes da criança. 

Bruxismo: Esse é um problema que atinge até nós adultos. O bruxismo é o hábito de cerrar os dentes involuntariamente, essa ação pode estar totalmente relacionada com um problema emocional.

Caso você perceba algum sintomas, não hesite em procurar um profissional.O não tratamento causar um desgaste ósseo e até mesmo levar a criança a precisar de um procedimento cirúrgico.

Cárie:  Assim como os dentes permanentes, os dentes de leite também precisam ser cuidados para que não tenha acúmulo de comidas e não causa cáries.

Geralmente, elas só são percebidas quando apresentam dor ou alguma deformação nos dentes.

Um fator causador de cáries que muitos pais desconhecem, se encontra no processo de digestão: o organismo libera ácidos que corroem os minerais dos nossos dentes, causando a cárie.

Por isso, especialistas recomendam a higienização bucal após as alimentações, e pedem para que os pais não deixem seus filhos dormirem enquanto amamentam ou bebem algum líquido.

Vale lembrar, que é importante a  consulta de rotina para verificar a saúde bucal do seu bebê, e caso você perceba algum problema mais urgente, contacte um profissional.

Uma forma de facilitar esse processo, sem que haja espere ou estresse, é você contratar um plano empresarial odontológico ou convênio odontológico empresarial, pois são muito benefícios e geralmente mais baratos. Isso facilita na rotina de consultas, além de auxiliar caso apareça algum problema na dentição de seu bebê.

Verifique se sua empresa já oferece ou se há a possibilidade de adquirir, para dessa forma, poder cuidar ainda melhor da saúde bucal de seus filhos.

Conteúdo produzido por Ana Laura Ferreira, redatora da Ideal Odonto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *