De uma maneira mais específica, a maioria dos contratempos que os pais têm com os seus filhos com certeza é o sono do bebê.

Com a chegada de um bebê em nossas vidas, algumas responsabilidades vêm surgindo nesse período, e é perfeitamente compreensível algumas das mães e pais não consigam dar conta de tudo ao mesmo tempo. Acredite, ter um bebê não é somente alegria.

As pessoas costumam confundir alegria com falta de afazeres. As responsabilidades em relação a chegada do bebê não muito altas, e por isso, na maioria das vezes, isso ocupa uma boa parte do seu tempo no dia a dia.

Com isso em mente, hoje temos a finalidade de trazer algumas recomendações para te ajudar a tornar o sono do bebê benéfico a ele, e de maneira que você não esteja prejudicada.

Na fase inicial da vida do bebê, os responsáveis por ele (as mães e os pais, ou afins) tem o hábito de se dedicar em excesso ao filho ou filha, o que não se caracteriza como um erro em si, porém será que você está lembrada(o) de que existe também tem os seus afazeres pessoais?

sono_do_bebe

Não estamos falando somente de trabalho, mas também das suas coisas para fazer. Muitas vezes, esquecemos de cuidados pessoais, que não necessariamente tem a ver com a estética.

Uma alimentação ou rotina de exercícios físicos também tem o poder de mudar completamente o seu dia. Dessa forma, você precisa arrumar um jeito de fazer com que o seu bebê tenha um sono melhor, até para que você consiga dormir também.

A maioria dos pais e mães possuem uma dificuldade para fazer o seu bebê dormir, e não tem nada de incomum nisso, já que este é um contratempo bem normal no dia a dia.

Os bebês possuem a capacidade de se comunicar, então, por esse motivo, nós precisamos buscar algumas maneiras de tornar o seu sono mais benéfico e rentável. Não tem nenhum segredo por trás disso, mas é interessante que você verifique algumas dicas e as torne reais com o seu bebê aí em casa.

Vamos conferir algumas indicações e dicar de como tornar esse sono positivo para todos os envolvidos.

Sono do bebê – confira as dicas

Não é recomendado que você faça o seu bebê dormir de barriga cheia

A alimentação do seu filho com certeza precisa de um intervalo para que o seu organismo funcione, em relação ao tempo em que ele leva para dormir, afinal, isso pode ajudá-lo a ter uma noite de sono mais aconchegante.

Caso o seu bebê se alimente muito perto do horário de dormir, é provável que o peso da comida faça com que o bebê não tenha uma noite de sono tão confortável. Inclusive, essa dica não serve somente para o sono à noite.

Sabemos que os bebês precisam descansar ao longo do dia, então monitore esses horários e alimente-o nos momentos mais apropriados com base na sua rotina.

Nesse sentido, nos casos em que os bebês dormem com a barriga cheia, existe o risco de que ele regurgite o leite, e logo depois disso aspire.

Esses casos podem acontecer no meio da noite, e neste momento você estará dormindo, isto é, é possível que você não consiga ajudá-lo, podendo ser possível que aconteça uma tragédia.

O que ocorre na maioria desses casos, na prática, é que o bebê fique sufocado com esse mesmo leite que voltou da barriga. Alguns cuidados devem ser redobrados, até porque não somos nenhuma máquina para conseguir ficar de olho na criança 24h por dia.

Portanto, você deve encontrar formas de evitar que o bebê durma logo em seguida após a sua alimentação. Outro ponto importante é a escolha de alimentos que facilitem a sua digestão, como por exemplo as sopas ou verduras que estejam cozidas (logo, bem moles).

Por outro lado, devemos te alertar que o arroto do bebê é fundamental para evitar essas situações. O arroto consegue ter a finalidade de diminuir o risco da regurgitação durante o período do sono que falamos acima.

Logo, é interessante que, durante a mamada do seu bebê, a cabeça dele deve estar posicionada de maneira elevada, e não deitado como muitos pensam que é o certo e continuam fazendo.

É interessante falar sobre a alimentação do seu bebê e de seus horários, visto que muitas pessoas mais velhas comentam sobre isso, porém nem todo mundo acredita por imaginar que é um costume do passado.

Crie uma rotina para o sono do bebê (e para você também)

Nós costumamos ouvir que os bebês só comem e dormem, então por esse motivo é extremamente difícil criar uma rotina para eles. Contudo, analisando a partir de outra perspectiva, os bebês precisam criar uma rotina estabelecida para conseguir ter uma boa noite de sono e cochilos ao longo do dia.

Podemos citar como exemplos os pais e mães que não deixam o seu filho ter um cochilo ao longo do dia só com a falsa ilusão de que isso significa um sono mais longo à noite.

Se você já tentou isso, comprovou que é totalmente equivoca e prejudica a saúde e bem-estar do seu bebê. Esses famosos cochilos durante o dia precisam estar dentro de um controle, afinal eles são necessários para manter o equilíbrio na saúde desta criança.

Portanto, o que deve acontecer não é a recusa dos cochilos, e sim o controle e fiscalização de quanto tempo ele está dormindo.

Essas coisas fazem parte de uma rotina (estabelecida pode você com base nas percepções do bebê) com o tempo, e assim, organizando todos os horários, é possível que você não tenha que abdicar de suas responsabilidades para ficar com o bebê.

Obviamente cada bebê possui o seu tempo. Isso significa dizer que o seu bebê tem o  momento em que deseja fazer algo, como por exemplo comer, dormir ou até brincar, e se fugir um pouco do planejado não se desespere, pois o que não pode ocorrer é não ter organização nenhuma e ter fé de que a rotina do seu bebê seja tranquila.